quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO DE SÃO PEDRO SÃO RECEBIDOS EM AUDIÊNCIA


Aconteceu esta manhã na Prefeitura de São Pedro a esperada audiência onde os trabalhadores em educação do município foram recebidos pelos assessores da Prefeita Robenice Ribeiro. A maior expectativa, dos professores em particular, era receber uma informação sobre a realização do pagamento dos salários de dezembro de 2012.
Os Doutores Otton Guerra e José Luiz, o contador Júnior, a Secretária de Educação Jaíra Garcia e a Secretária de Finanças Neiza Araújo, além da futura Secretária de Assistência Social, Eriberta de Morais, que auxilia nos trabalhos da nova equipe, foram os responsáveis pela negociação com os representantes dos trabalhadores: Emerson (Regional Potengi do Sinte), Luciano Costa (Núcleo Sindical em São Pedro), Rosângela Moura, Júnior César e Francisco Luíz (professores).
O resultado não foi o esperado, visto que esperava-se que a prefeitura apresentasse uma proposta para pagamento do salário atrasado, porém, as conversas tiveram algumas tomadas de decisões e ambas as partes demonstraram-se abertas às negociações e algumas dúvidas foram esclarecidas. Veja abaixo os principais pontos que ficaram definidos após o diálogo entre as partes:
1. A Prefeitura se comprometeu em pagar os salários de janeiro aos professores até a próxima sexta-feira (25);
2. O 1/3 de férias será pago dia 8 de fevereiro, juntamento com a diferença relativa ao reajuste do Piso Nacional dos professores que será de 7,97%;
3. Dia 30 de janeiro serão pagos os salários de pessoal dos 40% do Fundeb com o 1/3 de férias;
4. Dia 20 de fevereiro haverá uma nova audiência para que seja apresentada uma proposta efetiva para o pagamento de dezembro/2012.
Ainda com relação ao pagamento do mês de dezembro os representantes da Prefeitura informaram que esperam um possível repasse que o Governo Federal poderá anunciar entre os dias 30 e 31 de janeiro. Caso o repasse seja efetuado os salários atrasados serão pagos imediatamente após, solucionando de uma vez a situação.
Outros assuntos foram tratados e ficou encaminhado que estudos serão implementados para viabilizar a Previdência Própria do município. Ao final os educadores convocaram uma assembleia para o dia 18 de fevereiro onde deverá ser analisada toda a situação e tomada uma posição a ser apresentada na audiência do dia 20/02, ficando na dependência do posicionamento da Prefeitura. 

5 comentários:

  1. Professora em busca de uma resposta24 de janeiro de 2013 08:02

    Gostaria de saber até quando a Sra. Robenice irá evitar expor sua função de gestora ,a mesma em vez de participar da reunião mandar seus assessores lhe representar.Isso nâo é bem visto quando sabemos que temos uma representante eleita pelo voto do povo do município de SÃO PEDRO.Visto que a mesma encontra-se na cidade e evita se expor para a categoria de professores que buscam seus direitos.

    ResponderExcluir
  2. Vamos por parte, quem deixou a conta foi João não Robenice, claro k a mesma tem obrigação de colocar essa pendencia em dia.
    Chagas já falou k sua esposa não será candidata e pelo k vemos o nome de João não vem com tanto fervor portanto... temos nomes qualificados e de uma nova safra no mercado como Serrinha, Adailson, Liegy.
    O maior culpado por tudo isso foi exatamente João De Deus e porque deveremos dar nova oportunidade ao mesmo? se temos essa nova geração chegando?
    Muito obrigado Chiquinho pela oportunidade do espaço para espor minhas opiniões

    ResponderExcluir
  3. gente de São Pedro24 de janeiro de 2013 10:38

    A reunião dos professores com a presença da secretária de educação já está bem representada até porque se a palavra dela não servir, como acreditar na mesma que está na função! quanto o pagamento de dezembro a gestão de 2012 encerra sem credibilidade o seu governo, quanto a presença da Prefeita nas ocasiões vai depender do projeto político dela, onde em pouco tempo não compareceu a colação de grau dos alunos do ensino médio que é uma tradição na cidade este evento, e agora na reunião com a categoria dos educadores. Se for pensando em reeleição começou mal, apesar de achar que falta muito tempo e as pessoas esquecem.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia caros colegas professores e apreciadores do blog.
    Com toda certeza já começou mal a administração da prefeita, ela deixa a desejar quando coloca substitutos para lhe representar em eventos dentro da própria cidade e que são simples, imagine um de maior porte! É queridos o tempo passa e nós esquecemos tudo, mas esta vergonha eu não vou esquecer jamais, no entanto trabalhamos e não somos dignos de receber o que temos de direito, e que ela impôs suas condições sem nos dar satisfações e ainda aceitamos tudo de cabeça baixa, vai ser sempre assim é? Jamais, votei nela e já me arrependi, a primeira lapada foi nos trabalhadores postos para fora e a segunda lapada agora em nós professores, quem será a próxima vítima? Prefeita melhoras tá, somos um povo que te colou aí e queremos retorno, nossos direitos de trabalhadores que tem uma família para dar conta com o salário de professor, que não se compara ao seu! Pense viu?

    ResponderExcluir
  5. esta de parabéns o anônimo que falou sobre novos nomes no cenário político municipal...so tenho a dizer uma coisa: a chapa mais forte seria: LIEGY (PREFEITA) e SERRINHA (vice) essa dupla junta ninguem tomava...

    ResponderExcluir

Aqui é o seu espaço.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.