domingo, 18 de outubro de 2015

HORÁRIO DE VERÃO DEVERÁ ECONOMIZAR 7 BILHÕES

O horário de verão deste ano deverá resultar em uma economia de R$ 7 bilhões nos investimentos previstos para o setor elétrico brasileiro. Anunciada na última quinta-feira (15), a estimativa do governo tem por base a expectativa de que deixarão de ser consumidos 2.610 MW (megawatts) na edição 2015-2016.

O novo horário teve início à meia-noite de ontem, sábado (17), quando os relógios foram adiantados em uma hora. A medida terá vigor até meia-noite do dia 21 de fevereiro de 2016, e vale para os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal.