terça-feira, 21 de outubro de 2014

ROBINSON TEM DIREITO DE RESPOSTA APÓS MENTIRA DA PROPAGANDA DE HENRIQUE

Henrique cederá tempo de resposta a
Robinson por mentira divulgada
O candidato ao Governo do RN, Henrique Alves, divulgou, através de sua equipe de marketing eleitoral, uma notícia que poderia ter acabado com a campanha do seu oponente, Robinson Faria. A informação era de que o vice-governador Robinson Faria, candidato do PSD ao Governo do Estado, possuía 98 apartamentos no condomínio Caravelas, em Parnamirim, todos dentro do programa Minha Casa, Minha Vida.
A Justiça Eleitoral em decisão que concedeu direito de resposta na propaganda eleitoral em mais de 3 minutos em favor de Robinson Faria. Na decisão, o juiz Cícero Martins de Macedo Filho critica a postura do candidato Henrique Alves. “Não descarto, também, que haja responsabilidade dos candidatos na divulgação de certas propagandas, pois é difícil acreditar que não possam, também, administrar o próprio marketing de suas campanhas. Não custa lembrar que pode passar também na cabeça dos eleitores a ideia de que quem não consegue administrar o próprio nível de suas campanhas talvez não tenha condições de administrar o Estado”.
Cícero também classifica a inserção de Henrique como “a inverdade contida na propaganda, que busca passar, com informações distorcidas, uma imagem negativa e maculadora da honra e imagem do candidato Robinson Faria”.
A decisão da Justiça Eleitoral determina o direito de resposta baseado no artigo 58 da Lei nº 9.504/97 e punição com multa de R$ 50 mil caso a coligação União Pela Mudança insista em divulgar novamente a propaganda mentirosa.
Teria batido o desespero em Henrique? A pergunta é seguida de outra que pode ser considerada bem mais complexa: até que ponto esse tiro que saiu pela culatra, como se diz no linguajar comum, pode causar danos à candidatura do Deputado Federal?