segunda-feira, 4 de agosto de 2014

PADRE JOSÉ MANOEL FALA AO BLOG DE SUA ALEGRIA EM PARTICIPAR DA ROMARIA AO MONTE SANT'ANA

Sempre solicito e transbordando de alegria por presenciar uma bonita festa religiosa onde fé e dedicação levaram centenas de pessoas ao Monte Sant'Ana, o Pe. José Manoel, Pároco de nossa cidade, falou ao blog e revelou planos, reconheceu a responsabilidade que surge diante do sucesso de um evento como este e afirmou que acompanha nosso trabalho, parabenizando-nos pelo mesmo. Confira abaixo o que nos falou o Padre.

Blog Atualidadesp: Padre José Manoel, Pároco de São Pedro. Primeira romaria que o Senhor participa em nossa cidade. Primeira Romaria com São Pedro sendo Paróquia. Qual a sua avaliação inicial desse momento vivido hoje em nossa cidade?

Pe. José Manoel: Eu estou edificado. O Monte é um momento de transformação desse lugar. Eu tenho passado aqui e geralmente visto aquele deserto que é próprio da natureza com o símbolo da capela de Sant’Ana, mas hoje se transforma esse lugar, praticamente, eu poderia dizer assim: numa cidade. Num evento de um porte belíssimo, religioso, onde recebemos romeiros de tantos lugares. Do Rio Grande do Norte e até fora aqui do nosso estado e, portanto, duas missas na parte da manhã, todas elas fervorosas, animadas, as autoridades presentes, o povo de Deus, esta cobertura, não é? Do seu trabalho. É uma alegria muito grande. Como padre eu só posso estar feliz por poder ver o povo alimentado com a sagrada eucaristia, com a palavra de Deus e vendo aqui, meu amigo, meu irmão, uma expressão calorosa de pessoas humanas que tem fé, que acredita num Deus todo poderoso pela interseção de Nossa Senhora Santana. Nós esperamos como paróquia hoje oficializada e criada de São Pedro apóstolo, e que tudo agora será patrimônio desta paroquia, que o proprietário deste lugar faça a doação oficial para que nós possamos trabalhar a parte religiosa e também cultural. Com certeza ele será também muito bem vindo em todos os eventos e momentos, porque ele será um grande colaborador dessa obra que precisa ser feita aqui neste monte porque eu creio que Deus quer, quando vejo aqui que essa multidão imensa que eu não tinha a menor noção porque eu não conhecia por ser o primeiro ano e que nos dar uma alegria e ao mesmo tempo a responsabilidade de preparar melhor para os outros anos.

Blog Atualidadesp: Padre, algo que arrepia, emociona até, é o fato de hoje ter amanhecido chovendo e o pessoal veio, com guarda-chuvas, sombrinhas, plásticos. Algo muito bonito.

Pe. José Manoel: É belíssima a obra de Deus. E quando ele quer é como dizia ontem a segunda leitura “Quem nos separará do amor de Deus?” Nada deve nos separar do amor de Deus. Então quando o homem acredita e coloca Deus no primeiro lugar, como pedia uma das palavras hoje, na santa missa, no ofício dos padroeiros, é que nosso amor deve estar em Deus sobre todas as coisas e ele sabe fazer tudo. Portanto, ele nos deu esse monte belíssimo, nos proporcionou as chuvas para esfriar esse lugar e agora esse sol bonito sai. E, portanto, a fé é muito grande a ponto de nada impedir da gente dirigir-se a esse Deus, seja no monte, seja lá na matriz, seja em nossas casas. Então, chovendo ou fazendo sol Deus é o mesmo e tudo isso é benção, é graça, a gente só tem que dizer a Deus: muito obrigado.

Blog Atualidadesp: Muito obrigado e parabéns pelo dia do padre. Hoje é seu dia. Padre que é uma pessoa que entrega sua vida ao seu povo, ao seu rebanho, é o pastor. E a gente espera estar sempre junto, dando cobertura, dando espaço de divulgação do que a Igreja faz de bom, porque eu creio que devemos sempre divulgar o que é bom.

Pe. José Manoel: Isso é maravilhoso. Eu lhe agradeço também. Tenho acompanhado de perto seu trabalho como de tantos amigos na comunicação, procurando sempre levar a verdade ao nosso povo, que é o que mais eles precisam hoje e, portanto, divulgar o bem é uma obra imensa. Eu agradeço também os parabéns. Nos todos do clero de Natal começamos hoje nosso retiro com nosso arcebispo, estamos de volta no próximo sábado. Rezem por nós que lá estaremos também rezando por vocês e, portanto, é uma graça de Deus e eu quero me consumir nessa missão que escolhi e onde sou muito feliz como sacerdote. Obrigado.