quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

PROFESSORES: O PISO É LEI E CATEGORIA NÃO ABRE MÃO

Piso deverá ser pago em fevereiro em São Pedro
Com greve decretada em Currais Novos, a ser decretada em Natal, mobilização junto ao Governo do Estado, definição de pagamento em alguns municípios, como São Paulo do Potengi, Barcelona e Riachuelo, educadores aguardam ansiosamente a definição das Prefeituras e do próprio Estado sobre o pagamento dos 11,36% relativos ao aumento do Piso Salarial da categoria.
Em São Pedro, costumeiramente, é feita a correção em fevereiro com o pagamento do retroativo referente a Janeiro. Apesar da crise, os educadores estão no aguardo de que mais uma vez seja cumprida a situação e, diante disso, o Sinte, entidade representativa da categoria fará visita à Prefeitura para conferir o andamento dessa e de outras situações que estão à espera de solução.