segunda-feira, 14 de março de 2016

ATUALIZANDO: EDUCAÇÃO

DIREÇÃO DA EEPPA COMUNICA AULAS NORMAIS
Na última  sexta-feira aconteceu um pequeno incidente na EEPPA onde tivemos um princípio de fogo em um disjuntor e a escola acabou ficando sem energia elétrica, no entanto, a diretora Adália Liegy comunicou que a situação já foi resolvida e que as aulas continuam normalmente hoje. Na sexta-feira à noite as aulas foram suspensas.

HOJE TEM AUDIÊNCIA ENTRE OS SETORES JURÍDICOS
Os setores jurídicos do Sinte, a nível Estadual, e o da Prefeitura de São Pedro, através de seus advogados se reunirão hoje em Natal para discutirem a situação da hora-atividade e, após essa conversa deveremos ter um posicionamento que pode, ou não, levar os professores a decidirem em assembleia, que será realizada nesta terça-feira, a paralisarem suas atividades.

GREVE NACIONAL COMEÇA NESTA TERÇA-FEIRA
A Greve Nacional, proposta pela CNTE, terá início nesta terça-feira (15), e terá duração de três dias. Escolas do país inteiro estão se organizando para paralisarem suas atividades em nome de melhorias nas escolas e cumprimentos de direitos dos profissionais. Vale à pena salientar que a greve não é só dos professores e sim de todos os funcionários da educação.

SEMANA PEDAGÓGICA CUSTOU 7,5 MIL REAIS À EDUCAÇÃO DE SÃO PEDRO
Segundo informações do Portal da Transparência, foram pagos 7.500 reais à Senhora Genovevi do Nascimento Mediros Campos pelo serviço de realização da Semana Pedagógica em São Pedro, em dois dias. Apesar de entender a importância do evento, o valor pago significa, aproximadamente, 50% do valor a ser pago pelos atrasados de vantagens aos professores. Algo a ser pensado!

PAGAMENTO DE SALÁRIOS
A Prefeitura pagou no último 10 de março, os salários dos professores em estágio probatórios que ainda não haviam recebido seus vencimentos de fevereiro. Porém, segundo informações que nos chegaram, a sexta-feira, meio dia, os professores que fizeram aniversário em fevereiro e fizeram jus ao 13º salários ainda não haviam recebido.

LAGOA DE FORA: ESTUDANTES E RESPONSÁVEIS PEDEM PROVIDÊNCIAS
Os pais de estudantes, e alguns jovens, estão pedindo providências para que seja reconsiderada a ação da Secretaria de Educação de São Pedro, de desfazer uma turma de 3º Nível de EJA que estava para ser efetivada este ano na escola daquela comunidade. Eles acreditam que é muito importante a existência da turma, uma vez que atenderia estudantes nesta faixa etária na própria comunidade, facilitando o acesso.