terça-feira, 1 de março de 2016

SERVIDORES MUNICIPAIS DEFLAGRAM GREVE EM SÃO TOMÉ

Os professores, ASGs, merendeiras, vigias, coordenadores e supervisores do Município de São Tomé decidiram em assembleia realizada nesse dia 29/02/16 a deflagrarem uma greve por tempo indeterminado.
Os profissionais estão com os salários atrasados, sem receber o 1/3 de férias, sem o reajuste de 11,36 % do Piso Nacional e ainda cortaram as horas atividades. Até o momento a gestão do prefeito Gutemberg Pereira não apresentou nenhuma proposta negociável para resolver essa situação. Lembrando que todos os municípios da Região Potengi estão com seus salários em dias.
Os professores e demais servidores solicitam o apoio dos pais, dos estudantes e dos comerciantes e da população em geral para que toda a sociedade cobre dessa gestão o pagamento dos salários desses profissionais que trabalham e merecem receber.