sábado, 30 de maio de 2015

COLUNA SUA SAÚDE: CURIOSIDADE: OS PROFESSORES PODEM COMER DA “MERENDA” ESCOLAR DESTINADA AOS ALUNOS?

Essa é uma pergunta que muitos ficam na duvida, e eu trouxe para vocês exatamente a resposta, mas antes de tudo gostaria de ressaltar que o uso do termo “merenda” que ainda é muito utilizado e empregado por todos no âmbito escolar é antigo, ou seja, não se utiliza mais, portanto é hora de se atualizarem, e como a mais recente nomenclatura já diz, agora é Alimentação Escolar.
Enfim, quem realmente tem direito a Alimentação Escolar? Conforme a Lei n. 11.947/2009 tem direito os alunos matriculados na educação básica pública oferecida em creches e pré-escolas, no ensino fundamental e médio e em estabelecimentos mantidos pela União, e ainda as escolas indígenas e quilombolas. Portanto é vedada, ou seja, não tem direito a “merendar” os professores, as merendeiras e demais funcionários das escolas.
Porém, se o município, seja ele qual for, fizer uma contrapartida igual ou de preferência superior ao repasse do governo federal aí sim o professor pode usufruir da refeição, pois nesse caso ele já passa a ser incluído, mas só podem consumir a preparação depois que todos os alunos se alimentarem. Não se esqueçam para o Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE a prioridade é sempre o aluno.
Por: Arthur Silva
Nutricionista do município de São Pedro/RN.